Terapia refere-se ao tratamento de problemas psicológicos, emocionais e comportamentais. Através de técnicas verbais e não verbais, o Psicólogo ajuda o paciente a refletir sobre suas questões e a encontrar formas diferentes e criativas de aliviar o seu incômodo e melhorar seu relacionamento consigo mesmo e com os outros. Geralmente, o foco também chamada de Psicoterapia é em mudar pensamentos, emoções e comportamentos ineficientes. Apesar se ser reconhecido como um tratamento eficaz, porque tantos veem como algo luxuoso ou só para quem tem problemas sérios?
 

Para alguns especialistas entrevistado pelo UOL, a base dos preconceitos está na separação entre a saúde mental e a física. E os problemas psíquicos acabam sendo deixados para segundo plano. Tanto que, quando falamos em dor, a primeira coisa que vem à cabeça é na física e não na sentimental. Mas os problemas sentimentais são tão importantes quanto os físicos e quando se acumulam, podem ficar mais sérios, como depressão, ansiedade e, em casos graves, suicídio.

 

É preciso entender que o tratamento psicológico é um processo gradativo, porém, bastante recompensador. Mais ainda, o consultório do psicólogo é um local em que o paciente pode se abrir, desabafar e ser ele mesmo.


O mais importante é que o paciente esteja disposto a fazer Psicoterapia e que isto não seja algo imposto por alguém, já que o seu sucesso depende muito da sua vontade e do seu comprometimento com o processo. Além de, é claro, contratar um profissional sério e responsável e que o faça se sentir acolhido e compreendido.

 

Por fim, sua saúde mental vale muito. Cuide dela!

Você sabe o que é ter saúde mental?

Os problemas de saúde mental são vistos como tabu pela sociedade em geral, mas é preciso quebra-lo, pois os dados são alarmantes.

Segundo a Secretaria de Saúde, mais de 3% da população em geral sofre com transtornos mentais severos e persistentes, e 12% da população necessitam de algum atendimento em saúde mental, seja ele contínuo ou eventual.

 

Afinal o que é saúde mental?

Muito se fala, mas pouco se sabe realmente sobre o que quer dizer o termo saúde mental.

O termo “saúde mental” é usado para descrever o nível de qualidade de vida cognitiva ou emocional. Ter uma boa saúde mental significa tratar de forma consciente seus problemas, medos, aflições, frustrações e enfrentar os desafios e as mudanças da vida cotidiana com equilíbrio e saber procurar ajuda quando necessário, ou seja, quando não conseguir lidar com conflitos, traumas e perturbações.  

Uma pessoa com uma boa saúde mental é equilibrada, tem controle emocional e consegue resolver seus problemas o que ajuda a evitar a ansiedade, doença em que o Brasil lidera o ranking, com 9,3% da população, que atinge principalmente as mulheres sendo elas 7,7% desse número.

 

Problemas de saúde mental mais frequente

  • Ansiedade;
  • Depressão;
  • Mal-estar psicológico ou stress continuado;
  • Dependência de álcool e outras drogas;
  • Perturbações psicóticas, como a esquizofrenia.

É importante lembrar que qualquer pessoa pode passar por algum sofrimento psíquico em qualquer fase da vida.

 

Como manter a mente saudável?

De acordo com a Secretária de Saúde, existem alguns critérios da saúde mental:

  • Atitudes positivas em relação a si próprio
  • Crescimento, desenvolvimento e autorrealização
  • Integração e resposta emocional
  • Autonomia e autodeterminação
  • Percepção apurada da realidade
  • Domínio ambiental e competência social.

Procure sempre um profissional especializado para lhe atender.